terça-feira, 6 de novembro de 2007

Trabalho da Feira de Castro

Plano guia

Introdução – O que é a “Feira de Castro”

Desenvolvimento – A minha ida à Feira de Castro

Pontos de interesse da feira.

Conclusão – Consequências da ida à Feira de Castro

A Feira de Castro

A Feira de Castro é um acontecimento anual (3º fim de semana de Outubro) que, como o próprio nome indica, ocorre em Castro Verde. Este acontecimento é marcado pela afluência de ciganos e tendeiros a Castro Verde no intuito de montar tendas e barracas de comércio no recinto da feira. É um acontecimento que atrai milhares de pessoas vindas de todo o Alentejo (Baixo e Alto) e Algarve.

A minha ida à Feira de Castro foi marcada por muito andar, pois esta é grande, e, o que me interessava, ficava do outro lado da feira. Não eram as farturas, nem tão pouco os brinquedos, nem roupa ou calçado. O que realmente me interessava eram os carrinhos de choque. E porque este interesse? Pois bem, está na base deste interesse, não só a componente de lazer característica dos carrinhos, mas também ser um ponto de encontro de jovens da minha idade e uma oportunidade de passar tempo com eles.

Pontos de interesse na feira encontravam-se nas proximidades dos carrinhos de choque bem no âmago da feira. Entre estes, encontravam-se a barraca de comes e bebes dos alunos de EMRC da Escola Secundária de Castro Verde, criada para angariar fundos para uma visita de estudo com destino a Roma.

A ida à Feira de Castro revelou em mim uma apatia imensa por feiras. Apenas como local de encontro de amigos é que considero um motivo válido para ir à feira.

Um comentário:

Professor disse...

Avaliação do texto:

Suficiente


Professores: Paulo e Alice